você está em

Artigos

Publicado em 29 julho, 2010 10:36hComentar

Escute os conselhos dos mais velhos

Por

Falar durante o jogo pode dar informações sobre sua estratégia

Pode soar estranho, mas a sabedoria da terceira idade tem utilidade no poker. Minha avó costumava dizer “em boca fechada não entra mosca”. Quando estamos em volta do feltro essa frase se torna uma verdade ainda maior.

Estava no clube em que costumo jogar, usando uma estratégia bem tight. Por conta de um remanejamento um jogador que eu não conhecia sentou na mesa que eu estava. Foram jogadas 5 mãos até a mesa acabar, das quais ele participou de 3. Na primeira ele largou e mostrou flush King high (ótimo fold, já que o oponente dele tinha um flush Ace high). Depois ele foi de all in pré-flop contra um par de reis tendo AA. Por fim com KK deu raise num jogador com AK que voltou de all in. A minha leitura era bem simples: tratava-se de um jogador regular que só jogaria as melhores mãos. Por ser o chip leader do torneio não iria se arriscar a ficar fora da zona de premiação. Logo os blinds dele seriam bem fáceis de roubar e assim seguimos para a mesa final, ele gigante em fichas e do meu lado esquerdo.

Sendo obrigado a me arriscar, eu empurrei no SB contra o nosso herói, que deu instafold, e contra um limper que pensou, pensou, mas acabou largando, dizendo que tinha A-2.  Nesse momento o chip leader decidiu presentear a mesa com seus conhecimentos sobre poker, discordando do fold com A-2: “Se ele não tivesse um Ás você estaria bem para um showdown”. A-2 não são cartas que vão bem contra all-in, por um motivo muito simples, essa mão está dominada contra o range de all in da maioria dos jogadores (A-x e qualquer par, que representam 20% das possibilidades de mãos), ou seja, ganhará apenas 33% das vezes. A-2 só se sai um pouco melhor se estiver jogando contra duas figuras sendo 55% favorita. A partir de então mudei radicalmente a imagem desse jogador, percebi que ele estava disposto a se arriscar, o que não era uma boa estratégia e o caracterizava como um jogador fraco.

Certamente ele não tem uma avó jogadora de poker. Discutir jogadas é muito bom e construtivo, mas sempre faça isso fora da mesa. Você não vai ficar querendo mostrar a sua estratégia e a maneira como você está jogando para os seus oponentes. Procure sites e jogadores mais experientes, onde você vai poder encontrar boas sugestões de como melhorar seu jogo.

Este artigo foi escrito por nosso afiliado para a promoção Craque da UP, veja aqui outros materiais enviados por nossos afiliados.